Níveis elevados de açúcar no sangue relacionado à câncer colorretal

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 0 Flares ×

Pode haver uma ligação entre níveis elevados de açúcar no sangue e um risco maior de câncer colorretal em mulheres mais velhas, segundo um novo estudo realizado nos EUA. Os pesquisadores americanos analisaram dados coletados ao longo de 12 anos de pesquisas, onde 5 mil mulheres na pós-menopausa foram analisadas. O açúcar no sangue de mulheres em jejum (glicose) e os níveis de insulina foram medidos no início do estudo e depois várias vezes ao longo dos doze anos.

Durante o período do estudo, 81 das mulheres foram diagnosticadas com câncer colorretal. Os pesquisadores descobriram que mulheres com níveis elevados de glicose no início do estudo eram mais propensas a desenvolverem câncer colorretal, e que aquelas que apresentavam níveis de glicose mais elevados corriam um risco duas vezes maior de desenvolver câncer colo-retal do que aquelas que apresentaram níveis mais baixos. Não houve associação entre os níveis de insulina e o risco de câncer colorretal, de acordo com a equipe liderada por pesquisadores da Albert Einstein College of Medicine, em Nova York.

A obesidade, que geralmente é acompanhada de níveis sanguíneos elevados de glicose e insulina, é um conhecido fator de risco para o câncer colorretal. Há muito tempo acreditava-se que o aumento do risco de câncer colorretal associado com a obesidade era devido aos altos níveis de insulina, mas este estudo sugere que poderia ser devido à altos níveis de glicose.

O próximo desafio é encontrar o mecanismo pelo qual os níveis de glicose no sangue cronicamente elevados podem levar ao câncer colorretal. É possível que níveis elevados de glicose estejam ligadas à níveis maiores de fatores de crescimento e fatores inflamatórios que estimulam o crescimento de pólipos intestinais, alguns dos quais mais tarde se transformam em câncer.

O câncer colorretal é o terceiro câncer mais comumente diagnosticado e a uma das principais causas de morte no Brasil, por isso, é fundamental estar atento aos fatores de risco. É sempre importante lembrar que um estilo de vida saudável é muito eficaz, principalmente depois dos 40 anos de idade.

Quanto mais cedo adotarmos um estilo de vida saudável, mais cedo colheremos bons frutos, ou seja, quando certas doenças (que geralmente se apresentam a partir de certas idades) tiverem a chance de se desenvolverem, a possibilidade disso acontecer com certeza será bem menor. Por isso, uma alimentação equilibrada, e a prática de exercícios físicos, com certeza irão beneficiar de forma significativa a sua saúde.

 

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 0 Flares ×

12 Receitas Deliciosas Para Queimar Gordura

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *